26 abril 2021

Pastor Cícero Manuel pregando na Igreja Porta da Graça Mangabeira

🔴 Pregação do Pastor Cicero Manuel, na Igreja de Deus em Campina Grande


Neta mensagem eu ministro sobre diante de Jesus coisas maravilhosas acontecem

Pastor Cicero Manuel Pregando no Betel do Cristo

 Nesta mensagem abordamos sobre o tema o chamado na nova aliança 

25 setembro 2020

A FAMÍLIA SOB ATAQUE

   

                                            A FAMÍLIA SOB ATAQUE     




               Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração.

                       Salmo 37:4

 

  Não é novidades para nenhum de nós que a instituição família está sob ataque, isso é publico e notório. E esse ataque não é de hoje, porém, nos dias atuais isso tem si tornado cada vez mais evidente, porque o período chamado pós-modernidade tem um caraterística peculiar, que é destruir os valores tidos como pilares da sociedade, e todos nós somos sabedores que a família é uma instituição é uma instituição divina que ao longo dos séculos tem enfrentado os mais diversos tipos de ataques para preserva sua identidade.

 

Não podemos negar que nesta geração a família Brasileira caminha numa estrada cheia de perigos. Perigos esses causado pelas ações estratégicas do pós-modernismo que vem agindo com seu tripé danoso e com isso tentando destruir a identidade da família; esse tripé pós-moderno envolve o PLURALISMO, A PRIVATIZAÇÃO e o SECULARIZAÇÃO.

 

Vejamos então como age cada parte deste tripé;

A PLURLIZAÇÃO. Diz que há muitas ideias, muitos valores, muitas crenças. Segundo esse pensamento, não existe uma verdade absoluta, tudo é relativo.

A PRIVATIZAÇÃO. Defende que nossas escolhas são soberanas e que cada um tem sua verdade. Segundo esse pensamento sua vida pertence exclusivamente a você, e você faz dela o que quiser.

 ASECULARIZAÇÃO. Diz que Deus, as escrituras sagradas e seus ensinamentos devem ser reduzidos apenas aos templos religiosos. Segundo esse pensamento Deus deve ser colocado na lateral da vida.

 

Esse é o tripé que se manifesta estrategicamente no mondo pós-moderno  com o objetivo de  destruir a identidade da família.

Meu objetivo aqui é que possamos extrair ensinamentos para encarar essa realidade e vencer essa adversidade mantendo integrar a nossa identidade de família. Para isso quero, a partir do texto lido seguir uma linha que nos ofereça recursos para  vencer  esses perigos que tão de perto nos rodeiam .

No Salmo belíssimo salmo 37 Davi dá instruções  aos seu filho Salomão  que prepara-se para assumir grandes responsabilidades no reino. Este salmo tem como tema a paz verdadeira,  nele podemos observar  o Rei Davi, já na sua velhice  dando alguns sábios conselhos  de como seu filho devia proceder para vencer os perigos e ser  bem sucedido; Confia no Senhor , agrada-te do Senhor, entrega teu caminho ao senhor, descasa no senhor e espera nele. Portanto, as motivações deste salmo me levam a sugerir.

 Três decisões que certamente nos ajudaram a seguir firme e a sim vencer os perigos que nos rodeiam:

1-      Coloque Deus a cima das pessoas: Deus é o centro da existência humana, todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada somos.  Se esse modelo pós-moderno tenta nos impor o desprezo a Deus, nós devemos adora-lo a cima de todas as coisas. Mesmo que esse sistema tente nos levar para usar as pessoas e amar as coisas. Nós devemos nos dedicar em amar as pessoas e usar as coisas. Não podemos jamais, abrir mão do nosso relacionamento com Deus, pois as sagradas escrituras nos ensinam que nem só de Pão vive a humanidade, mas de toda a palavra da boca de Deus.

2-      Coloque os relacionamentos acima das coisas:  Pós-modernismo impõe uma vida  como uma imensa ciranda , onde as pessoas correm atrás  das coisas de maneira desenfreada como pensando que se tiver mais coisas serão mais felizes, com isso as pessoas estão sacrificando os relacionamentos para buscarem coisas.  Mesmo que tudo isso seja evidente em nossos dias, precisamos fazer valer o sentido da vida. Pessoas valem mais que coisas. Relacionamentos são mais importantes que riquezas matérias. Precisamos urgentemente restaurar o respeito pela vida, pelas pessoas, pois os relacionamentos sadios engrandece o ser, e o faz vencer a corrida do ter. Gosto  muito desta expressão bíblica “..Contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: "Nunca o deixarei, nunca o abandonarei".(HEB 13:5).

 

3-Coloque as coisas importantes acima das coisas urgentes. Nosso relacionamento com Deus, com a família, com a igreja e com amigos verdadeiros, isso é importante. O pós-modernismo tenta provocar uma tensão social ao fazer você tirar o foco do importante e assim colocar urgente no lugar do importante.  Nesta ciranda da correria da vida todos os momentos surgem o urgente para nos roubar aquilo que realmente é importante.

 Portanto irmãos, é aqui onde devemos vigiar mais ainda, pois jamais devemos sacrificar aquilo que realmente é importante.  

Vejamos que ensinamento maravilhoso Jesus deu aos seus discípulos no sermão do monte sobre isso.

 “Portanto eu lhes digo: não se preocupem com suas próprias vidas, quanto ao que comer ou beber; nem com seus próprios corpos, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante do que a comida, e o corpo mais importante do que a roupa?

Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?

Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?”

(Mateus 6:25-27).  Deixar as coisas importantes no plano secundário para correr atrás de coisas passageiras é verdadeira tolice.

 

Considerações finais:

Por mais apelativo que seja esses dias de pós-modernismo, você jamais poderá se deixar levar por suas estratégias maléficas que tentam rouba seu tempo com Deus, acabar com seus relacionamentos sadios e destruir sua visão daquilo que realmente é importante. Caso isso aconteça você e sua família ira naufragar no mais profundo mar da ilusão. Que Deus nos ajude a seguir seus ensinamentos e jamais nos afastarmos dele, pois só a sua palavra é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho. Amém!

 

                                  Por Pastor Cicero Manuel dos santos

                                            Apodi-RN em 25/07/2020

15 setembro 2020

SUBMISSÃO PLENA

 

                      SUBMISSÃO PLENA


 

    Por Pastor Cícero Manuel

  O Espírito Santo quer encontrar vidas inteiras submissas, obedientes para que ele possa encher. Enquanto houver rebeldia, insubmissão, desobediência o Espírito Santo não operará em toda a sua amplitude, poder e graça.

Submissão é chegarmos ao ponto de dizermos: não a minha, mas atua vontade Senhor. Façamos ágora uma sondagem do nosso coração e permitimos que  o Senhor  nos mostre em que áreas ainda somos duros, rebeldes, desobedientes e insubmissos.

Verdadeiramente é só quando somos vencidos que Deus opera em nós todos os seus maravilhosos propósitos. Será que não foi assim com Jacó no ribeiro de Jaboque e também  com Saulo de Tarso  na estrada de Damasco?

É, meus amados irmãos, às vezes é preciso que Deus nos leve ao chão, ao pó até que reconheçamos a nossa nulidade e então nos entreguemos a Ele plenamente. 

Que Deus tenha misericórdia de nós e faça resplandecer  o seu rosto sobre nós.

Graça e paz a todos.

 

     Apodi em 14/09/2020

20 agosto 2020

O DIREITO À ESCOLHA

Por Cícero Manuel dos santos

A estabilidade democrática deve se fortalecer e se consolidar a cada nova eleição. As concorrências eleitorais nos municípios, já estão em pleno vapor, elas são mais um passo no caminho para fortalecer e consolidar a democracia. Penso ser esse um caminho para uma sociedade em desenvolvimento, pois as eleições municipais são uma ótima oportunidade para a prática coletiva da cidadania, onde deve se solidificar a cultura da participação popular e o direito à escolha.

São nos município onde acontece o cotidiano das pessoas, os municípios são as bases onde tudo é realizado. Assim, os municípios têm o papel principal na formulação e na aplicação das políticas públicas. De maneira que, é através desse sistema, onde a qualidade de vida do povo brasileiro é dada pelo ambiente vivido em cada município. Portanto, fica claro que são nos municípios onde o cidadão deve exercer de forma plena e com muita responsabilidade o Direito à escolha.

As eleições municipais estão às portas e elas têm características próprias. Neste período as discussões principais precisam ser em torno de ações no município e devem ter como objetivo a melhoria da qualidade de vida do cidadão e do município de forma em geral.

Neste pleito, o cidadão de cada município tem a grande oportunidade e a responsabilidade de decidir o futuro da sua cidade. O voto é um instrumento poderoso para a transformação de cada município deste nosso amado Brasil. Somos nós, eu, você e cada habitante, que temos o direito à escolha e assim precisamos exercer esse direito no momento de selecionar os candidatos comprometidos com a ética, a honestidade e o interesse público.  Que Deus nos ajude a exercemos com sabedoria o nosso direito à escolha.

07 junho 2020

VIDA NOVA

                                                            

        Colossenses 3: 12-17
Por Pastor Cícero Manuel dos santos

  Esta carta é tão relevante para nós hoje quanto era para os cristãos do ano 60 d.C., quando Paulo a escreveu.
 *Colossos provavelmente não teriam sido sequer mencionada no Novo Testamento se  não fosse por sua igreja. A cidade não é citada em parte alguma do Livro de Atos, pois Paulo não fundou a igreja colossense nem chegou a visitá-la. O apóstolo ouviu falar de sua fé (Cl 1:4, 9), mas não chegou a se encontrar pessoalmente com esses cristãos (Cl 2:1). Uma igreja de pessoas desconhecidas numa cidade pequena recebe uma carta inspirada do grande apóstolo Paulo!
*Como foi que a igreja de Colossos começou?
Foi resultado dos três anos de ministério de Paulo na cidade de Éfeso (At 19; 20:17-38).
O testemunho da igreja de Éfeso foi tão eficaz que durante o ministério de Paulo em Éfeso, pelo menos dois homens colossenses - Epafras e Filemom - aceitaram a Jesus Cristo. Ao que tudo indica, Epafras foi um dos principais fundadores da igreja de Colossos, pois pregou o evangelho a seus amigos colossenses (Cl 1:7) e também ministrou nas cidades de Hierápolis e Laodicéia (Cl 4:12, 13).
É provável que, quando Paulo escreveu a carta, a igreja tivesse uns cinco anos desde sua fundação.
*Motivo da carta        
Paulo escreveu à igreja de Colossos porque uma crise dentro da congregação estava preste a destruir esse ministério. A heresia que ameaçava a paz da igreja de Colossos era uma combinação de filosofias orientais e de legalismo judaico com elementos de uma crença que os estudiosos da Bíblia chamam de gnosticismo. Também aceitavam uma forma de astrologia, crendo que seres angelicais governavam sobre os corpos celestiais e influenciavam os acontecimentos na Terra (ver Cl 1:16; 2:10, 15),especulações vindas do Oriente.
*O tema da carta
Seu tema principal é a preeminência de Jesus Cristo (Cl 1:18; 3:11). Não precisamos nos preocupar com mediadores angelicais ou emanações espirituais. Deus enviou seu Filho para morrer por nós! Todo o que crê em Jesus Cristo é salvo e se torna parte de seu corpo, a Igreja, do qual ele é o Cabeça (Cl 1:18). Estamos unidos com Cristo em um relacionamento vivificador!
             *Aplicação do texto
Portanto , quando eu me proponho a falar sobre vida nova é porque veja o apóstolo Paulo não se atém a refutar os hereges, pois deseja dizer algo mais  importantes à igreja, o apóstolo apresenta o mais poderoso antídoto para os falsos ensinamentos: uma vida piedosa.                 E ele faz isso de forma maravilhosa, em sua breve carta composta por apenas quatro capítulos  que trazem riquíssimos ensinamentos para essa jovem igreja se manter firme em cristo no seu viver diário. Então vejamos uma síntese geral da carta para depois entrarmos no texto lido.
No capitulo 1, Paulo conta aos colossenses a respeito de suas orações por eles, sobre a pessoa e a obra de cristo e sobre a missão que cristo lhe deu de pregar o evangelho a pessoas como os colossenses.
No capitulo 2,Paulo  diz a essa jovem igreja que o poder do evangelho de Cristo pode ser observado na vida transformada dos que seguem a Cristo. Contrastando assim os que se tomam cativos de filosofias  falsas .
No capitulo 3, Paulo lembra aos Colossenses a forma de pensar e o comportamento que , como cristãos , devem adotar.
No capitulo 4, Paulo envia noticias e faz suas saudações finais , mas também faz questão de deixar claro que a Palavra de Deus fosse lida e estudada nessas igrejas e também compartilhada com as cidades vizinhas.
Não resta duvida que Paulo desejasse que essa igreja desenvolvesse verdadeiramente uma  vida nova , mesmo em meio ás confusões e discussões. Assim  vamos trabalhar o capitulo 3 dos versículos 12-17
1-A ética do Cristão 12-14
Esta seção completa a exortação de Paulo aos cristãos para que vivam em santidade. Dá continuidade à ilustração das vestes: "despistes [...] revestistes [...]" (Cl 3:810). O apóstolo exorta seus leitores a se despirem da mortalha do pecado e da antiga vida e a colocarem as vestes santas da graça e da nova vida em Cristo.
A graça é o favor de Deus para com os pecadores indignos. Paulo lembra os colossenses daquilo que a graça de Deus fez por eles.
Deus os escolheu (v. 12a). O termo "eleitos" significa "escolhidos de Deus".
Para viver de maneira digna da vocação, conforme descrito em efésios 4:1,2. Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados,
com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amo. Vejamos que o texto traz algumas coisas interessantes;  Misericórdia, humildade e mansidão faço questão de destacar essas três para que lembremos dos ensinamentos de cristo sobre a ética dos discípulos  Mateus 5.1-12.
(a)    Deus os separou. Esse é significado da palavra "santo". Quem crê em Cristo é separado do mundo para o Senhor. Não somos de nós mesmos; pertencemos inteiramente ao Senhor (1 Co 6:19, 20).
(b)   "Revesti-vos [...] de bondade" (Cl 3:12). Fomos salvos por causa da bondade de Deus para conosco por meio de Jesus Cristo (Ef 2:7; Tt 3:4). Devemos, por nossa vez, demonstrar bondade para com os semelhantes. Deus ordena que "[sejamos] uns para com os outros benignos" (Ef 4:32).
(c)    "Revesti-vos [...] de humildade" (Cl 3:12). O mundo pagão do tempo de Paulo não admirava a humildade, mas sim o orgulho e a autoridade. Jesus Cristo é o maior exemplo de humildade (Fp 2:1 ss). Ser humilde não significa menosprezar-se. Antes, é ter uma opinião apropriada de si mesmo, segundo a vontade de Deus (Rm 12:3). A pessoa humildade pensa primeiro nos outros, não em si mesma.
      (d)"Revesti-vos [...] de mansidão" (Cl 3:12). Mansidão não é sinônimo de fraqueza; é poder      controle. Essa palavra era usada para descrever o vento que abrandava o calor, o remédio que curava ou um potro domado.
(e)Revesti-vos de amor (Cl 3:14). Essa é a mais importante das virtudes cristãs e age como um "cinto" que mantém unidas as outras virtudes. Todas as qualidades espirituais citadas por Paulo são aspectos do verdadeiro amor cristão, como se vê ao ler
1 Coríntios 13. O amor é o primeiro do fruto do Espírito; as outras virtudes são decorrentes dele: alegria (Cl 3:16), paz (Cl 3:15), longanimidade, ternos afetos de misericórdia, bondade e mansidão (Cl 3: 12

2- A espiritualidade sadia do Cristão 15-16

 1-A paz de Cristo (Cl 3:15)

Nestes versículos, Paulo passa da ética cristã para a conduta espiritual do cristão. De que maneira o cristão pode saber se está exercendo a espiritualidade sadia e assim fazendo a vontade de Deus? Uma indicação é a paz de Cristo no coração e na igreja. Quando o cristão perde a paz interior, sabe que, de algum modo, desobedeceu a Deus.
(a)    A nova vida une todas as virtudes espirituais de modo a haver beleza e harmonia, demonstrando, desse modo, maturidade espiritual. Essa harmonia e maturidade promovem o equilíbrio e o crescimento, algo que o sistema gnóstico jamais seria capaz de fazer.
(b) Há outro elemento envolvido: se tivermos paz no coração, estaremos em paz com a igreja. Somos chamados a constituir um só corpo, e nossa relação com os membros da congregação deve ser de harmonia e de paz.
(c) Quando um cristão perde a paz de Deus, começa a tomar rumos fora da vontade do Senhor. Volta-se para as coisas do mundo e da carne, a fim de compensar a falta de paz interior. Tenta escapar, mas não consegue fugir de si mesmo! Somente quando confessa seu pecado, aceita o perdão de Deus e faz a vontade de Deus é que experimenta a paz de Deus no coração.
O termo traduzido por "árbitro" faz parte do vocabulário esportivo e se refere "àquele que preside os jogos.  A paz de Deus é o "árbitro" do coração do cristão e da igreja.
(d)   Quando houver paz no coração, haverá louvor nos lábios: "sede agradecidos" (Cl 3:15). É impossível ver um cristão fora da vontade de Deus louvando sinceramente ao Senhor. Quando Davi encobriu seus pecados, perdeu a paz e a capacidade de louvar (SI 32; 51). Quando confessou seu pecado, voltou a entoar os cânticos de louvor.

2- A Palavra de Cristo Col 3:16

    Trata-se, evidentemente, da Palavra de Deus. Os falsos mestres chegaram a Colossos com tradições e filosofias humanas e preceitos religiosos. Tentaram conciliar a Palavra de Deus com seus ensinamentos, mas não havia como fazê-lo. A Palavra de Deus sempre engrandece a Jesus Cristo. Não e edifício concluir que sem a palavra de Deus é impossível uma espiritualidade sadia.
(a)    Se permitirmos que a Palavra "habite, ricamente, em [nós]", ela transformará nossa vida. O verbo habitar significa "sentir-se em casa". A Palavra de Deus se sentirá em casa no coração de quem experimentar a graça e a paz de Cristo. Descobriremos como a Palavra é repleta de tesouros que enriquecem a vida.
(b)   Não foi a palavra dos falsos mestres que trouxe a salvação aos colossenses, mas sim a Palavra da verdade do evangelho (Cl 1:5). Essa mesma palavra nos dá vida, sustenta e fortalece (1 Pe 1:22 – 2:3
(c)    Os cânticos espirituais são expressões de verdades bíblicas distintas dos salmos e hinos. Ao cantar um hino, nos dirigimos ao Senhor, e ao cantar um cântico espiritual, nos dirigimos uns aos outros.
(d)   Devemos cantar com gratidão, pois temos a graça de Deus no coração. Somente pela graça podemos cantar quando sofremos ou quando as circunstâncias parecem desfavoráveis. Sem dúvida, foi só pela graça que Paulo e Silas conseguiram cantar na prisão em Filipos (At 16:22-25). Os cânticos não devem ser uma demonstração de talento carnal; antes, devem revelar a graça de Deus no coração. Paulo enfatiza o estar cheio do Espírito; em sua Epístola aos Colossenses, enfatiza o estar cheio da Palavra. Mas os sinais dessa plenitude espiritual são os mesmos! Como identificar um cristão cheio do Espírito? Ele é alegre, grato e submisso (Ef 5:19-21).
Considerações finais:
 Ao chegar ao final de nosso estudo convém lembrar que somos completos em Jesus Cristo. Deve-se ter cuidado com quaisquer ensinamentos que prometam "algo mais" além do que já temos em Cristo. Toda a plenitude de Deus encontra-se em Jesus Cristo, e ele preparou as pessoas perfeitamente para a vida que Deus deseja para cada uma. Não vivemos nem crescemos por adição, mas sim por apropriação. Que o Senhor nos ajude a viver como cristãos completos em Cristo.
                               Apodi em 07/Junho de 2020

22 maio 2020

Deus Sempre Convocou os Pecadores à fé


                        
    Não é edifício chegar a compreender que Deus sempre operou da mesma maneira: conclamando os pecadores à fé em sua promessa de salvação. Basta uma simples olhada para os escritos Paulinos na carta aos Romanos para chegarmos facilmente a essa compreensão; sigamos então seu raciocínio “Porque a escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido” Rom 10:11, mas, Paulo vai clareando mais ainda esse assunto pois no v 12 ele diz assim; “ não há diferença entre Judeu e grego, porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que invocam o seu nome”. Paulo faz essas citações para provar que Deus sempre chamou o ser humano pecador à fé. Portanto meu amigo é de urgência que você precisa acreditar que o caminho da salvação está aberto para todos que crêem. E a salvação está disponível para todos que crêem, todas as pessoas precisam ouvir a mensagem: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” Rom 10:17.  Pense nisso.
                                                Pastor Cícero Manuel dos Santos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...