22 fevereiro 2014

EU, MORTO!

O crente é identificado com Cristo em sua morte, ele não foi o único crucificado no calvário, mas eu também. Nele, eu fui crucificado, isso representa meu fim como pecador aos olhos de Deus. O crente não cessa de viver como personalidade ou indivíduo, contudo é visto por Deus como morto, não é ele quem vive, mas Cristo vive nele. O Salvador não morreu por mim para que eu continuasse a viver como bem entendesse. Ele morreu por mim para que Ele pudesse viver sua vida em mim. Eu morto sim, mas Cristo vivo em mim.

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim”( Gal 2:20).
Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...