13 janeiro 2012

Perseverança, o segredo do cristão vitorioso

     Os ensinamentos do novo testamento mostram-nos que, provavelmente o crente tenha mais dificuldades no seu viver diário do que qualquer outra pessoa, opróbrio Jesus advertiu seus discípulos por ocasião das ultimas instruções quando lhes disse’’No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. ”( João 16 : 33).É necessário que entendamos com clareza as instruções do nosso Senhor e Salvador Jesus  Cristo, pois isso tem tudo haver com a nossa vocação, e  é através da perseverança que o crente enfrenta as lutas com confiança. A consciência desta  verdade requer algumas atitudes de nossa parte.
     Nesta breve meditação apresento três atitudes que devem fazer parte da vida do crente ajudando-o, assim a seguir o caminho da vitoria.

1-Desenvolva uma perspectiva correta em relação às tribulações. 
     Uma das coisas que mais me chama atenção na vida do apostolo Paulo é que Ele não era só consciente a respeito das tribulações que deveria sofrer por amor á Cristo, mas empenhava-se em ensinar aos cristãos uma perspectiva exata do que verdadeiramente, é ser cristão “Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele” (fil. 1: 29). Atribulação é um terreno de onde brota á arvore chamada paciência, e está por sua vez produz frutos que são chamados, experiência e esperança. Romanos 5:3-4. Essa perspectiva correta em relação às tribulações cria em nós, uma paciência produtiva ate gerar esperança, e é essa esperança que aponta para uma glória incomparável, “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. (Rm 8.18).

2-Entenda que os perigos e as ameaças não serão removidos, mas vencidos.
 Existem muitas pessoas que estão enganadas, iludidas com falsas promessas de um cristianismo barato que em nada tem á ver com o evangelho de Cristo, muitas dessas pessoas acham que vida cristã é um mar de rosas e muitas vezes ficam frustradas quando as coisas não acontecem como gostaria que acontecessem. O crente precisa entender que mesmo em meios às lutas e tribulações somos mais que vencedores, e nada absolutamente nada poderá nós separar do amor de Deus. ”Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem altura, nem a profundidade, nem nalguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!” (Rm 8: 38-39).

3-Espere sempre no senhor
O crente deve buscar em Deus, esperando nele porque ele é seu ajudado, auxilio e socorro. O rei Davi nós da um belíssimo exemplo de confiança em Deus, quando em meio às lutas afirma “Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nele confiaria. (Sl 27:3). Nossa confiança e esperança em Deus no presente, produz para nós um peso eterno de glória.” Por isso, não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui mais excelente”. (2 co. 4: 16-17)

  Ao finalizar esta breve meditação não poderia deixar de mencionar, as palavras do escrito aos Hebreus, que diz “Corramos, com paciência a carreira que nos esta proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da nossa fé”.  No amor de Cristo.
                                                               Pastor Cícero Manuel.
Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...