20 abril 2009

Semeadores de boas novas!


"Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós, para que se conheça na terra o teu caminho, e entre todas as nações a tua salvação." (Sl. 67: 1,2).

Introdução


Deus pela sua infinita misericórdia resgatou para se um povo, e o fez santo, zeloso e especial, para cumprir o seu eterno e glorioso propósito, e assim todos esses eleitos segundo a sua vontade são na realidade semeadores de boas novas, assim sendo devemos semear para que o caminho do Senhor seja conhecido e as nações alcancem a sua salvação. Para que isto de fato ocorra, todos os semeadores de boas novas tem definida em sua mente o modo de agir, sabendo exatamente algumas verdades, são elas:

O quê semear.
O que semeamos é a genuína e preciosa semente sem que haja outra semelhante, porque de fato ela é lâmpada para os pés e luz para o caminho daquele que nela crer, portanto, quem semeia deve ter confiança que a semente é a palavra de Deus; "O que semeia, semeia a palavra" (Mc.4: 14).

Como semear.

Esta preciosa semente não deve ser semeada de qualquer geito, como alguém que faz para se livrar dela, mas com amor, mesmo que isto tenha implicações de sofrimento, se de fato for por amor haverá alegria no retorno do semeador; "Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo seus molhos. (Sl: 126: 6).

Onde semear.

Todo cooperador de Deus, quando sai a semear não escolhe lugar, tem sempre uma coisa em mente; o desejo de semear a palavra em todo coração carente, sabendo que quando esta germinar trará libertação; "Bem-aventurados vós os que semeais junto a todas as águas(...). (Is. 32: 20).

Quando semear.

A semente já foi dada ao semeador cabe a ele sair a semear, pela manhã, a tarde e assim está atento, semeando em todo o tempo e verificando qual vai prosperar; "Pela manhã sêmea a tua semente, e a tarde não retire a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta, se aquela ou se ambas serão igualmente boas. (Ec. 11: 6). Todo tempo é tempo de semear, não importa as estações, se primavera, verão, outono ou inverno, porque "Quem observa o vento, nunca semeará e o que olha para as nuvens nunca cegará" (Ec.11: 4).

Conclusão


Todos os semeadores de boas novas sabem que não haverá frutos sem ser semeada a semente, se de fato queremos ver frutos, devemos começar a semear, e assim haverá colheita e então o campo estará pronto apara o Senhor da ceifa. "Por ventura ainda há semente no celeiro? Além disso há videira, a figueira, a romeira, a oliveira, não têm dado os seus frutos; mas desde este dia vos abençoarei." (Ag. 2: 19)
Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

Quando saímos e vamos semer não podemos escolher a quem semear, mas devemos ter a sensibildade de presentir no próximo que ele está a necessitar de ajuda.
Sabias palavras.
Grande abraço.

Quando saímos e vamos semer não podemos escolher a quem semear, mas devemos ter a sensibildade de presentir no próximo que ele está a necessitar de ajuda.
Sabias palavras.
Grande abraço.

Querido Claudemir, o nosso exemplo é Jesus Cristo, Ele sempre teve compaixão e isso é o segredo da vida cristã, seguir o modelo do mestre. um abraço Deus te abençoe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...