08 fevereiro 2009

Credenciais perfeitas


"E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na Sinagoga, e levantou-se para ler. E foi lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro achou o lugar em que estava escrito: o espírito do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar aos pobres enviou-me a curar os quebrantados de coração, a pregar liberdade aos cativos, e restauração da vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos. A anunciar o ano aceitável do Senhor." (luc.4:16-19).

Introdução

Credenciais são títulos que abona a alguém, dando-lhe assim crédito e quase sempre lhe confere algum poder de representação junto a governos, países e etc. Geralmente os homens são presunçosos e exageram em sua promoção pessoal, diante das circunstâncias que lhe é favorável, e assim poucos correspondem com tamanha responsabilidade. Houve presunção ou exagero em Jesus quando afirmou "O espírito do Senhor é sobre mim?". Nesta passagem bíblica destaca-se a plataforma apresentada por Jesus aos homens, a qual correspondeu plenamente! Portanto, veremos assim como Jesus se apresentou aos homens;

Com o devido preparo -
"Ensinava nas Sinagogas e por todos era louvado" (ver.15), bem diferente dos mestres dos nossos dias, que dificilmente ensinam fora do seu ambiente. Muitos por falta de preparo têm medo dos questionamentos e evitam se expor, mas Jesus preparou-se devidamente revestido do poder do alto, vencendo as tentações com a palavra e sendo obediente ao plano de Deus. Portanto, Jesus estava devidamente preparado.

Com uma plataforma definida - "Me ungiu para evangelizar" (ver.18). Aí está o poder incontestável da pregação, anunciar boas novas aos pobres, liberdade aos cativos, vista aos cegos, descanso e paz aos oprimidos. Um programa de ação completa e perfeito, nunca os que almejaram poder sobre os homens poderam apresentar-se assim, com esta credencial "O espírito do Senhor é sobre mim".

Com autoridade - "Hoje se cumpriu esta escritura em vossos ouvidos" (ver.21). Que autoridade tremenda ressalta dessa advertência! ao ponto de causar admiração a multidão conforme descreve os textos; "E aconteceu, que concluindo Jesus esse discurso, a multidão se admirou da sua doutrina; por quanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas" (Mat.7:28,29), "Responderam os servidores: nunca homem algum falou assim como este homem" (Jo.7:46). Essa autoridade de Jesus causava admiração não só pelo que ele falava mas havia um verdadeiro equilíbrio entre o falar e o fazer, sua autoridade não era só nas pregações mas também nas suas ações, tudo que ele anunciou, fez.De fato o que dele estava escrito,se cumpriu.

Conclusão

Os homens apresentam seus planos que impõem desengano e opressão, mas Jesus apresentou um plano que através dos anos milhões tem testemunhado todas as bênçãos do cumprimento das promessas de um enviado com credenciais perfeitas. Portanto amigo leitor, desperte e o aceite como Senhor e salvador. AMÉM e AMÉM!(pr Cicero)
Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

Que maravilha Pr. Cícero.
O Espírito Santo de Deus é realmente aquele que outorga a autoridade, a credibilidade e as maravilhas do ministério de Jesus Cristo.
Precisamos muito da ajuda do Espírito Santo para continuar a obra do Senhor.
Que Deus continue abençoando cada vez mais o teu ministério. E que nós busquemos mais ao Senhor em oração e consagração. Enchei-vos do Espírito!

Nobre Pastor Cicero,
Paz do Senhor!

Este blog sem dúvida alguma é uma fonte de subsídios para nossas vidas, com muita propriedade ele se encaixa perfeitamente na edificação da igreja.
Parabéns, estarei aconpanhando seu blog.

Deus abençoe!

Shalom!

1. Amado Pr, parabéns pelo blog! Que Deus continue a lhe usar, para expor a Palavra, e que vidas sejam transformadas!

2. Medite em Sl 147.14

abraços, Pr MArcello Oliveira

P.s> veja a estréia do meu singelo blog:

http://www.davarelohim.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...